Terça-feira, 14 de Agosto de 2018
Policia

Homicídio brutal é esclarecido pela Policia Militar poucas horas após o fato

Publicada em 13/06/18 às 22:35h

por COMUNICAÇÃO SOCIAL 33º BPM/I (BARRETOS e REGIÃO)


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: ( POLÍCIA MILITAR DE CAJOBI ))
Três presos e dois foragidos identificados!
 
No último sábado (09), por volta das 10h30 o COPOM despachou a equipe do Cabo Ferreira e Soldado Grasseis para a ocorrência de um possível encontro de cadáver. Quando da chegada da equipe ao local, um pasto, os militares encontraram o corpo de um homem, com o crânio esmagado e o rosto desfigurado, infelizmente foi constatado um brutal homicídio.

A equipe de imediato acionou os demais órgãos e tomou as primeiras providências, todavia, dada a confiança de que goza a Polícia Militar naquele município, logo chegaram importantes informações delatórias acerca do crime, onde uma verdadeira força tarefa foi montada.
O comandante do Grupamento Policial de Cajobi, Sargento Paneque, mesmo de folga, se uniu a equipe de serviço, bem como acionou apoio das equipes do Cabo Vicentini e Soldado Damento (Olímpia), Cabo Fabiana e Soldado Santos (Severínia), Cabo Inocente e Soldado Franceschini (Embaúba) e Cabo Marcio (folga), onde várias diligências foram encetadas, terminando a operação com a prisão de três autores confessos do crime e a identificação de mais dois, os quais já teriam deixado a cidade.

Segundo os próprios detidos, o crime ocorrera na madrugada, por volta das 01h30 e fora motivado por vingança, onde os cinco autores atacaram a vítima quando esta chegava a sua casa, arrastaram-na para o descampado e a golpes de madeira e até uma pá o mataram. Graças a participação popular e à rápida ação policial, o crime foi esclarecido e a resposta à comunidade foi dada



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (17) 98110-4506

Copyright (c) 2018 - Jornal do Cidadão Regional